Teoria do Gato Flutuante

gato

Na internet você encontra coisas muito bizarras é FATO e uma das mais novas loucuras da internet se inicia com a Lei de Murphy que diz que se uma coisa pode dar errado, com certeza dará errado. Dará da pior maneira,  no pior modo, causando assim o maior dano possível, mesmo para as coisas que tem probabilidade de darem certo, pois há sempre uma chance de dar errado.

Baseado nessa teoria Chuck Norris formulou a Teoria do Gato Flutuante que consiste em duas teorias.

A primeira é a Teoria do Gato: Na qual dizia Murphy que “toda vez que um gato cai de uma determinada altura, ele nunca cairá de costas, e sim com as quatro patas no chão”.

A segunda é a Teoria da Bolacha: De acordo com Murphy, uma bolacha assim como o pão com manteiga em apenas um dos lados, sempre cai com a parte da manteiga virada para o chão.

Tais teorias levaram Chuck Norris a unifica-las criando a teoria do Gato Flutuante. Mas como?

Chuck Norris passou manteiga nas costas do gato e o jogou para cima.

O resultado foi que: De acordo com a primeira teoria, o gato não caiu de costas, mas em relação à segunda, o lado da manteiga deveria cair no chão.

Com a união de ambas as teorias, conclui-se que o gato flutua, já que ambas as forças se anulam.

Se você está pensando que a Teoria do Gato Flutuante é ridícula, concordo completamente, mas se Chuck Norris está envolvido em tal teoria certamente algo positivo ela deve ter afinal é Chuck Norris.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s